CONVERSA AO PÉ DE ORELHA COM A AUTARCA SÃO CABRITA




Conta-nos uma voz amiga que há na autarquia um funcionário cuja tarefa é acompanhar o Largo da Forca a tempo inteiro, isso sem contar toda a equipa das redes sociais e a atenção cuidada do omnipresente Tiago, que parece estar para a Presidente da Câmara Municipal como  o Grigori Rasputin estava para a czarina da Rússia.

Com este desabafo não pretendemos queixar-nos do uso indevido do dinheiro, se a autarquias pode pagar um balúrdio ao rapazola de Faro, faz muito bem se pagar a jovens de Vila Real e se é para ler o Largo da Força são bem mais úteis do que os assessores que ainda hoje fazem render a traição ao PCP. O que na verdade nos preocupa é que essas visitas acabam por nos aldrabar as estatísticas, isso sem contar as visitas feita a partir do Wi-Fi do Natura, onde o blogue parece ser acompanhado com muita ansiedade, o que se juntando com a ressaca de quem se sente em carência de poder poder ter consequências desagradáveis.

Temos muito prazer que nos leiam, que o Tiago leia as críticas para preparar os guiões das conversas na Rádio Guadiana (que há quem lhe chame Rádio Luís Gomes). Estamos certos, a título de exemplo, que na próxima edição até vai deixar de rematar as respostas da presidente com o habitual “muito bem”. Mas gostaríamos de ter uma noção de quantas visitas ao largo são feitas pela Câmaras Municipal, para corrigirmos as nossas contas, já que esses votos estão mais perdidos do que a barca do arroz.

Ainda assim, uma autarquia tão experiente em gerir a carreira de gente que trai os seus partidos devia ter algum cuidado, ao fim de semanas, meses e mesmo anos a lerem o largo da Forca, não seria-a de admirar que uma boa parte da equipa da presidente possa mudar de ideias. Talvez não fosse ideia gerir bem essas pessoas, ainda que por aqui não nos importássemos se a presidente nos emprestasse os funcionários que mudem de ideias. Porque sempre é melhor para a presidente da autarquia que se mudem para-a o Largo da Forca em vez de se mudarem para o Sem Espinha Natura.