O QUE TEME LUÍS GOMES?




Conta-nos uma voz amiga que para os lados do poder as coisas não estarão a correr da melhor forma, algo que não é nada de novo pois já por  várias vezes os sinos do PSD do Luís Gomes tocaram a rebate perante as dificuldades. Depois de três mandatos de regime Luís Gomes o poder perdeu o hábito de sentir que existe oposição e perante as dificuldades começam a dar sinais de nervosismo. Aliás, o nervosismo é óbvio não só nos mais próximos do Luís Gomes, mas também em muitos setores que de forma premeditada, bajuladora ou tática há muito que são apoiantes ou mesmo sustentáculos do regime.

O truque de colocar alguém no lugar enquanto não se pode concorrer tem dois riscos, o da traição (como sucedeu com Estevens em Castro Marim) e o da incompetência do sucessor que pode conduzir a uma derrota nas eleições. A estes dois perigos Luís Gomes acrescentou mais um igualmente perigoso, foi promover Luís Romão (ou o historiador Luís Romão, para os mais bajuladores), alguém que espreita a oportunidade de dar uma “facadinha” aos dois.

Apesar de algumas ajudas e elogios inesperados a presidente da CM enfrenta grandes dificuldades e se as suas incapacidades são evidentes aos olhos do cidadão comum de VRSA, são mais evidentes para Luís Gomes, que começa a recear o falhanço da estratégia manhosa. A perda das próximas eleições seriam um grande problema para os que parecem ser alérgicos a auditorias. O nervosismo é tanto que dizem-nos que já não o conseguem esconder, passando-o às hostes.

O que não se entende é que Luís Gomes esqueça que é líder do PSD de VRSA e pai espiritual e guru da equipa da autarquia, deixando a presidente da autarquia entregue à sua sorte e À diplomacia do irmão  e em vez de assumir ele a defesa opta por ser DJ no Cabeço onde dá musica para abanar a celulite das bundas de cotas enricadas.

Não se entende o silêncio de quem foi alvo de notícias e quando os negócios da autarquia mereceram a atenção do melhor jornalista de investigação do país. Se Luís Gomes não confia na sucessora que escolheu e ainda menos no vice que lhe arranjou, porque não dá a cara e prefere prosseguir a sua carreira musical que a solo está em decadência acelerada?